Site da rede
Artistasgauchos.com.br
artistasgauchos.com.br

Rita tem medo

Rita é uma menina que tem muitos medos. Alguns imaginários, possivelmente inventados; outros, certamente, reais. Os pais da menina resolvem levá-la para um lugar mais tranquilo: a casa da avó Lina, no interior. E assim Rita passou a conhecer o universo daquela avó tão interessante. Muita coisa mudou, a começar pelo dia em que a avó pediu à neta para verificar se o pêndulo do relógio da biblioteca estava funcionando. A biblioteca era, na verdade, a garagem que a avó adaptou como um bom lugar para leitura.
Rita percebeu que o relógio havia parado, e, na tentativa de fazer com que funcionasse, muitas coisas foram acontecendo, como numa aventura incrível. Rita entendeu que as engrenagens nem sempre são fáceis de ser entendidas. Diante de tanto estranhamento, Rita se permitiu esquecer os medos e seguir em frente. E foi o que fez.


ISBN: 9788562549793
Nº de Páginas: 64
Formato: 18x23,5cm
 

ATIVIDADES SUGERIDAS
- Debater em classe: medos rotulados de bobos e medos entendidos como reais; medos que nos protegem e medos que atrasam nosso crescimento.
- A avó de Rita tinha mais de setenta anos e dizia viver num mundo em que a pessoa era considerada não pela casca, mas pela polpa (p.10). Reler o trecho em classe e pedir comentários sobre as características da vovó Lina.
- A avó encontrou um lugar na casa para criar uma biblioteca. Perguntar: qual a importância de uma biblioteca (particular, escolar, especializada ou pública)?
- Orientar a turma numa minipesquisa sobre o relógio de parede: origem, transformações, modelos atuais e caráter simbólico do objeto percebido na narrativa.
- Observar com os alunos detalhes da ilustração e do projeto gráfico. Analisar a imagem eleita como a mais interessante.
- Produção de texto/temas à escolha: Tempo de ter medo e tempo de enfrentá-lo; Os medos que eu tive; O medo mais bobo do mundo.